A modelo brasileira Sheyla de Almeida implantou uma nova prótese de silicone nos seios e desbancou a apresentadora de TV argentina Sabrina Sabrok, que até então ostentava o título de maiores seios da América Latina. Agora, Sheyla tem 3,5 litros em cada mama.

A cirurgia, realizada no Brasil, será exibida em um reality show da rede de TV americana CBS. “Meus seios ficaram enormes. Não estou conseguindo nem respirar direito”, brincou Sheyla em entrevista por telefone ao Terra.

Sheyla foi operada nesta segunda-feira, e após menos de um dia já se sentia bem, apenas com um pouco de dor. A recuperação deve durar uma semana.

“O médico falou que a minha pele é muito boa. Ele ficou abismado, disse que caberia até uma prótese maior”, contou Sheyla, que quer, até o fim de 2009, bater o recorde mundial, com oito litros de silicone em cada mama.

Mais